No Mundo com a Gente

No Mundo com a Gente

31 de ago de 2016

1

Roteiro de 2 dias em Bruges na Bélgica - o que fazer, dicas e onde comer.

Nosso roteiro segue de Bruxelas (31 km de carro) para Waterloo (visita de um dia) depois seguimos até Bruges - 131 km.

 Chegamos à tarde, deixamos as malas no hotel e fomos conhecer a cidade.  Dormimos uma noite e no outro dia acordamos bem cedo para passear e pela cidade até à hora do almoço. Depois seguimos viagem para Amsterdam

Bruges (em francês) ou Brugge (em neerlandês) é uma linda cidade belga, de arquitetura medieval em sua grande maioria. Considerada a Veneza do norte pelos seus inúmeros canais que cortam a cidade, da qual é possível fazer passeios de barco.
  O que ver:
Arquitetura de Bruges
    Mesmo que os passeios de barco sejam o grande atrativo e realmente é, reserve um tempo para conhecer a cidade de outro ângulo, como por exemplo, a pé - percorrer suas ruas, visitar os monumentos e conhecer um pouco da vida cotidiana da cidade nos faz sentir parte do local.
Hospital St. Jhon (museu)


Os passeios de barco tem duração de aproximadamente 30 minutos, custa €7,00. O valor pode sofrer alteração.

St John a estátua de Nepomuk na ponte


A Basílica do Sangue Sagrado ou Heilig-Bloedbasiliek atrai peregrinos do mundo inteiro para adorar um pedaço de tecido que contém o sangue de Cristo guardado em um frasco.

A relíquia esta em um museu dentro da igreja e cobra uma pequena taxa para visitação. A fachada escura e de estilo gótico chama atenção com suas  estátuas douradas.

 As missas acontecem todos os dias no final da manhã. No inverno os horários podem sofrer alterações.
Basílica do Sangue Sagrado


A Burg é outra bela e movimentada praça da cidade - onde se encontra o imponente Stadhuis, edifício gótico de 1367 que abriga a prefeitura da cidade.



Campanário de Brugges
O Belfort - Campanário de Brugges é uma edificação medieval, localizado na principal praça da cidade a Grote Market. Para conhecer e ter a vista mais linda da cidade é necessário subir os 366 degraus. Mas você será recompensado com lindas fotos.



Onde comer:                                                                                  
A dica de onde comer é também o que comer. Bom, eu e minha família sempre provamos a comida tradicional do lugar. Em Brugges estamos falando das famosas batatas fritas. E tem até um Museu de Batatas Fritas.
Terminado o nosso passeio ao Campanário, fomos procurar algum lugar para o almoço - não foi necessário ir muito longe. Na praça (Grote Market) do Campanário tem vários quiosques que vendem as maravilhosas batatas fritas. 

E eu fui obrigada a provar esta delícia, acompanhadas de molhos ou não elas são deliciosas. Aliás, vai querer comer mais, muito mais.
Museu "Salvador Dali"



A dica de onde comer é também o que comer. Bom, eu e minha família sempre provamos a comida tradicional do lugar. Em Brugges estamos falando das famosas batatas fritas. E tem até um Museu de Batatas Fritas.

Terminado o nosso passeio ao Campanário, fomos procurar algum lugar para o almoço - não foi necessário ir muito longe. Na praça (Grote Market) do Campanário tem vários quiosques que vendem as maravilhosas batatas fritas. 

E eu fui obrigada a provar esta delícia, acompanhadas de molhos ou não elas são deliciosas. Aliás, vai querer comer mais, muito mais.
A cidade de Brugges também é conhecida pela produção de renda. É possível visitar a fabrica - Kantcentrum, ver a confecção e comprar. A fabrica também abriga um museu.


O que beber:

Para os apreciadores de cerveja, não deixe de conhecer a Brouwerij De Halve Maan, uma tradicional cervejaria com visitas guiadas.



Reserve seu hotel em Brugges pelo Booking. com

Você pode gostar:

 Waterloo / Bélgica- Campo de Batalha de Waterloo

 Feira de Natal de Bruxelas    
















































Continue lendo ►

31 de jul de 2016

0

Bondinho do Pão de Açucar - dicas de como aproveitar sem gastar muito

O BONDINHO DO PÃO DE AÇUCAR, é um dos cartões-postais mais visitados no Rio de Janeiro (aprox. 1,5 milhão de visitantes por ano). Localizado no bairro da Urca, o cenário que nos espera é de tirar o fôlego - como as praias de Copacabana, Leblon, Ipanema, Leme; o Corcovado; Baía de Guanabara, centro: Aeroporto Santos Dumont; Niterói, e muito mais...

Com certeza você já deve ter ouvido falar neste ponto turístico, da qual recomendo a visitação para quem viaja pela primeira vez ao Rio de Janeira. Mas nem sempre temos tempo ou dinheiro para conhecer todos os belos lugares que esta cidade nos oferece.

Por isso fiz este post para você aproveitar o máximo o passeio ao Pão de Açúcar sem gastar muito. São dicas que utilizamos em nossas viagens para qualquer lugar do mundo.

1º) Como chegar:

Se você estiver no centro da cidade, ou em alguma das praias a maneira mais econômica para chegar ao Pão de Açúcar é de metrô, comparando os custos de carro(gasolina, estacionamento) ou de táxi. 

Metrô Pão de Açúcar, RJ - pegue o metrô linha 1 ou 2 e desça na Estação Botafogo. Em seguida, pegue o ônibus de integração (513 - Botafogo Urca) em direção à Urca.

O serviço também oferece conexões entre metrô-ônibus / ônibus metrô.
Click aqui e saiba mais sobre horários, mapas, preços e serviços do metrô.
Montanhismo
Quando chegar para comprar o ingresso, observe os Morros do Pão de Açúcar e da Urca, você verá pessoas praticando montanhismo. Podemos observar na foto duas pessoas em um pequeno ponto no morro.

Antigo teleférico e atual

Baía de Guanabara

Vista para o Cristo Redentor


Passeios de helicóptero (muito caro)










Dicas:
 - Se a sua intenção é de economizar e explorar o local, sugiro evitar fazer compras nas lojas de lembranças.

- O Rio de Janeiro é uma cidade muito cara, o que for consumir de bebidas ou comidas nos pontos turísticos pagará um preço muito salgado. Sugiro fazer uma refeição antes do passeio e leve uma garrafa de água.

- Reserve pelo menos três horas para o passeio, incluindo a subida e descida.

 Encontre o seu hotel no Rio de Janeiro, sugerimos o Booking. com

Saiba mais sobre o passeio ao Pão de Açúcar, click aqui.

Continue lendo ►

17 de jul de 2016

0

Guarujá / SP - Maratonas Aquáticas

A praia do Guarujá no litoral paulista foi palco da 3º etapa do Circuito Nacional de Maratonas Aquáticas 2016(10km distância Olímpica) ) e Copa Brasil (5km) realizado no dia 05 de junho. A disputa aconteceu dentro do Forte dos Andradas na praia de Munbuda.

O Forte dos Andradas foi construído a partir de 1938, para defender a entrada da Baía de Santos. Patrimônio Cultural de Guarujá é abeto ao público.

O Circuito do Campeonato Brasileiro 2016 (10km)foi dividido em cinco etapas.
A Copa Brasil (5km) conta com sete etapas.

Forte dos Andradas
A trezentos metros acima do nível do mar, encrustado na rocha e com a Mata Atlântica como camuflagem, faz deste passeio uma aventura.



    As condições do tempo não eram das melhores para a Maratona Aquática. A água estava gelada, corrente marítma, água viva, vento e chuva.

    A 4º etapa e 5º será realizada em Inema - BA.
    Para mais informações click em: Maratonas Aquáticas
   
     Quer reservar o seu hotel para a próxima viagem? Indicamos o Booking. com
Continue lendo ►

Faça sua reserva de hotel