Seguidores

4 de mar de 2014

0

Veneza - Itália

" Conhecer Veneza nos trouxe muitas surpresas, assim como a maioria das pessoas,  pensávamos que fosse apenas uma cidade romântica e que a visita valeria a pena somente para casais em lua de mel, mas a cidade oferece muito mais aos seus visitantes.

Em cada lugar uma história, uma curiosidade, por este motivo quando fazemos nosso roteiro não pensamos duas vezes em levar junto nosso filho, pois sabemos que sempre vai haver alguma coisa que ele vai adorar.

  Partimos de Viena de carro direto para Veneza, são 610 km e a viagem demora 5 horas e 30 minutos(de carro), mas como estávamos com criança, foi necessário fazer algumas paradas, por isso demoramos 1 hora á mais do previsto.

Ficamos em um hotel na entrada da cidade e decidimos descansar para no outro dia começar bem o passeio e aproveitar o máximo. Confesso que fiquei ansiosa e curiosa para conhecer Veneza  o difícil foi esperar até o outro dia(visitamos em dezembro de 2004).

 
                          "Foto sob a famosa "Ponte de Rialto" com vista para o Grande Canal. As pontes servem de passagem para o outro lado de Veneza, além de serem um espetáculo á parte.    
              
 O "Grande Canal" é a principal e maior via aquática de tráfego da cidade, cerca de 4 km de extensão e uma profundidade de cinco metros. Cortando a maior parte da cidade tem seu início na Piazzare Roma e vai até a Basílica Santa Maria dela Salute, próximo a Piazza San Marco. Em suas margens ficam os edifícios mais belos da cidade, que você tem o privilégio de contemplar em um dos passeios aquáticos feitos com os transporte público como o vaporetti e táxi aquáticos ou se preferir você pode circular pelo Grande Canal de gôndola.
       "Na Ponte Rialto tem várias lojas que vendem jóias feitas de cristal de Murano, são lindas, porém caras. Eu deixo para comprar nas lojas que  ficam mais afastadas dos pontos turísticos o preço é  menor...vale a pena!"

"Veneza tem um trânsito intenso de embarcações aquáticas."

                    "No início da visita achei a cidade um pouco bagunçada,não entendia como funcionavam as embarcações,mas em pouco tempo entrei no ritmo de vida dos venezianos.


                         Detalhe: as águas dos canais estavam sujas, porém não tinham mal cheiro. 

"Algumas pontes tem degraus que dificulta na hora de carregar as malas, é conselhável levar apenas uma mochila."

"Achei  linda esta ponte e de fundo o canal com os edifícios um de frente para o outro quase se tocando, deve facilitar o bate-papo entre os vizinhos...!"

"Nesta foto percebi o quanto Veneza esta sendo prejudicada pelas marés, fiquei com pena de ver aqueles edifícios centenários que ficam a beira dos canais sendo invadidos pelas águas. A maioria deles precisam de deck e uma  passarela de madeira para as pessoas entrarem, mesmo assim o primeiro piso fica todo inundado, podendo ser habitado somente a partir do segundo."



                                         "Andar nas  gôndolas negras é o sonho de todo turista, conduzida por um gondoleiro com camisa listrada e chapéu de palha, a embarcação oferece um  ambiente romântico para um tranquilo passeio e freqüentemente para propostas de casamento, mas não faça como eu que por achar muito caro (de 80 a 100 euros por casal)não desfrutei deste magnífico passeio...estou muito arrependida!"
"Servizio Gondole."
                 "Não deixe de negociar o preço antes do passeio, geralmente os gondoleiros diminuem um pouco o valor, mesmo assim achei caro 90 euros e depois com o desconto nos cobrou 80 euros o casal e mais 80 euros para nosso filho. Á noite o preço do passeio aumenta fica mais de 100 euros...um absurdo!

                                                    "Estacionamento de gôndolas.

 "Caminhar pelas ruas sem destino pode ser uma excelente maneira de conhecer a cidade, deparar com lugares muito charmosos como este muro de tijolos rústicos e esta espécie de planta  sobre as grades.

                                        "Basílica Di Santa Maria Gloriosa Dei Frari"
"Descobrimos esta imponente igreja não muito conhecida no coração do bairro de San Polo, é uma das maiores de Veneza, o exterior é bastante simples foi construída em ladrilho no estilo gótico...vale a pena a visita!"


 "Ás vezes fica difícil de caminhar nas estreitas ruas, apenas siga o fluxo das pessoas."

                                'Não tente andar nessas ruas estreitas na contramão."

                                         "Descubra Veneza a pé, saia das avenidas de acesso e descubra becos, praças, atravesse para o outro lado do Canal Grande, aventurar-se dá um friozinho na barriga, mas é tudo de bom!
As máscaras são uma marca de Veneza."
"Há várias lojas vendendo as famosas e carnavalescas máscaras, nenhuma é igual á outra, nunca tinha visto junto tanta criatividade. São maravilhosas e caras, mas vale a pena gastar um pouco mais, também comprei anéis de cristal de Murano, mas fique atento porque existem falsificações. Os anéis, pingente, relógios são uma ótima opção de presente e não fazem volume,lembre-se de não sair comprando na primeira loja e pode pechinchar os vendedores estão acostumados.

                                                               "Societas MDCCXCll"


                                             "Bacia de São Marcos....quero voltar!"



                                      "O Alex ficou curioso para saber se as águas do mar Adriático eram geladas...sim, muito geladas....foi necessário segurá-lo para não cair na água...coisa de criança!"


                                          "Veja a gôndola em direção a Ponte dos Suspiros e meu filho ainda com a mão na água...ele achou divertido!"
"Ponte dei Sospiri" 
                                          Diz uma lenda que os casais que trocarem um beijo no exato momento em que passarem sob a "Ponte dos Suspiros"(na foto ao fundo)serão eternamente apaixonados.

"É uma passagem que faz a ligação entre o Palácio Ducal e as prisões, embora seu nome tenha uma conotação romântica reza a história que o seu nome deve-se aos suspiros que os presos davam na hora que estavam atravessando a ponte e viam pela última vez o céu e o mar de Veneza."


                A Bacia de S. Marcos é o espelho de água que se estende diante do cais de S. Marcos e é limitada em frente por S.Jorge, á direita pela ilha da Giudecca, mais próximo e a direita pela Ponta da Alfândega e a "La Salute" são três pérolas pode dizer-se, que tornam preciosíssima a entrada de Veneza e o Cais.
                       Neste dia da foto havia neblina, mas se puder escolher a hora do pôr-do-sol, nos meses de verão o espetáculo será inesquecível.

                                   "Gôndolas atracadas pela praça de São Marcos!"

                 "As águas do Mar Adriático invadindo a calçada, eu tinha a sensação de estar afundando.

                                                "Pracetas(praças) de São Marcos, vista."

                             "Aqui esta uma passarela de madeira para as épocas de inundações."


 "Monumento equeste a Bartolomeu Colleoni localizado em Campo Santi Giovanni e Paolo,Veneza.

                                          "Basílica de São Marcos é uma joia medieval."

                                          " A Basílica de São Marcos é a mais famosa das igrejas de Veneza e um dos melhores exemplos da arquitetura bizantina. No ano de 832 era consagrada a primeira igreja dedicada ao evangelista S. Marcos,cujos restos mortais, segundo a lenda, tinham sido furtados por dois navegadores venezianos de um mosteiro de Alexandria no Egipto, e trazidos para Veneza. O símbolo evangélico do Leão alado tornou-se o símbolo da cidade e S. Marcos o seu santo protetor. Ali estão os restos mortais do Apóstolo São Marcos.
(Fonte: Livro que compramos na viagem.)

                                                  "Basílica de São Marcos."

                                          A representação da Basílica é constituída pela fachada coroada por três cúpulas. A fachada divide-se em duas: a parte inferior abre-se em cinco portais, a superior termina com os grandes arcos. A divisão é realizada pela galeria onde ao centro sobressaem os quatros cavalos dourados, estes são réplicas, pois os originais encontram-se no museu dentro da Basílica. Foram saqueados por Napoleão em 1797 e estiveram no Arco do Triunfo em Paris e foram devolvidos a Veneza em 1815...
                                    Fiquei um longo tempo contemplando os mosaicos da fachada!

                                          "A fachada da Basílica é dominada pelo grande Cristo em mosaico, com o livro da Lei."


 "Veja a água invadindo a Praça de São Marcos em frente a Basílica di San Marco. Dentro da Basílica pode-se perceber o estrago que as enchentes tem causado, partes do piso esta mais elevado, como se estivesse infiltrando água do solo. É necessário estar com uma bota impermeável e em alguns lugares o acesso dá-se somente pela passarela construída especialmente para quando as águas estiverem invadindo grande parte da Basílica.
"O relógio do zodíaco."
Na praça de São Marcos podemos também ver a Torre Dell`Orologio,um edifício renascentista construído entre 1496 e 1496.Seu grande relógio é uma obra prima da engenharia. Além de indicar as horas através dos números romanos, o relógio indica o signo dominante do zodíaco e a fase atual da lua. No topo da torre do relógio pode ver-se um enorme sino que é badalado a cada hora por duas figuras de bronze conhecidas como mouro. O mais importante relógio de Veneza continua marcando o tempo com precisão.

                                         "Veja quase no topo da torre o Leão alado símbolo evangelista.Este é um ponto a ser explorado,pois lá de cima podemos ter uma visão de toda a cidade de Veneza...recomendo muito...vale a pena!"

                                          "Dentro da Basílica o Retábulo de ouro, a foto não ficou boa, então fiz uma cópia e postei logo abaixo.(copia do livro Veneza que compramos).

                         Esta é uma cópia do Retábulo de ouro que tirei do livro de Veneza que compramos.

"A Praça de São Marcos."
                                          "Aí ficam vários edifícios históricos como a Torre do Campanário, a Torre dell Orologio e o Palácio Ducale ou Palácio dos Doges. Encontramos vários restaurantes na praça São Marcos, porém todos muito caros e os garçons não são nada simpáticos, principalmente se a intenção é sentar em uma das cadeiras ali disponíveis para  clientes e consumir pouco.


                        "Alex montando um dos leões espalhados pela cidade (não é proibido montar)"                                         

"Depois de muita caminhada a esperada pizza veneziana é a melhor opção para quem não quer gastar muito e ficar bem alimentado,o Alex adorou e eu também!'

"Ficamos no hotel Novotel Venezia Mestre Castellana que esta localizado em Mestre, próximo a rodovia A57 e a 20 minutos de ônibus de Veneza.


                                                     Dicas:

Comprei este livro em uma das lojas que vendem souvenir de Veneza.



  - Viajando com criança para Veneza:
     Quando estamos fazendo o roteiro da nossa próxima viagem sempre perguntamos para cada um qual o lugar que gostaria de visitar, mas nem todos os lugares atraem as crianças e para nosso filho não foi diferente.
Eu sempre sonhei em conhecer Veneza e desta vez ela foi incluída no nosso roteiro, depois coloquei minha imaginação em prática para tornar este passeio atrativo e divertido para o Alex.
Ele já conhecia a história da cidade, então, comecei falando do quanto Veneza é diferente, por exemplo:
    Os carros são substituídos por barcos, gôndolas, vaporeto e o bom disso é que não fura o pneu (eu sempre faço uma brincadeira) as ruas são pavimentadas de água. Subir até as torres dos edifícios turísticos é uma excelente opção.... Criança adora desafios! Andar em alguma as embarcações aquáticas imitando ser um marinheiro e deixar a imaginação correr solta faz do passeio uma aventura inesquecível!
- Passeio:
 Faça o passeio de gôndola, eu não fui e estou arrependida até hoje…"
 As gôndolas no Grande Canal balançam muito devido ao fluxo de embarcações maiores que   circulam ali diariamente.
- Compras:
  -Tem muita coisa feita dos cristais de Murano, anéis, relógios, pingente, vasos...vale a pena pechinchar antes e tenha cuidado com as falsificações. Os anéis por exemplo não podem ter emendas. Compre pelo menos uma máscara, mesmo se for pequena ou gaste um pouco mais e escolha uma com muitos enfeites, ficam lindas como item de decoração.
- Gastronomia:
 - Prove as pizzas de Veneza que são uma delícia.
 - Existem muitos restaurantes nas estradas da Itália...vale muito a pena parar e saborear da culinária local.
- Preços:
 Veneza é uma cidade cara, vá preparado para gastar muito ou escolha somente alguns dos principais pontos turístico para visitar e valerá a pena.
Caso você queira passear de gôndola por Veneza e não só por alguns canais, vai custar cerca de 200 euros.
 - Aluguel de carro:
 -Sempre procuro alertar: se você alugar um carro em um determinado país, sugiro entrega-lo no mesmo, você vai economizar muito
                                                Curiosidade:
     - As românticas gôndolas pretas têm 11 metros de comprimento e 600kg de peso é uma embarcação assimétrica, seu lado esquerdo é mais largo que o lado direito, por isso navega de forma inclinada.
    -Tem apenas uma mulher gondoleiro (em pleno século XXI).
   -A profissão de gondoleiro é passado de pai para filho.
  - Dizem que pelo menos uma vez na vida cada um de nós deveria visitar Veneza, acho que é por este motivo que a cidade está sempre cheia de turistas. Então quando você for visitar esteja preparado para enfrentar filas nos principais pontos turísticos desta magnífica e surpreendente cidade da Itália.

     Leia também:
   
  ROMA E O VATICANO - TODOS OS CAMINHOS LEVAM A ROMA

Comente você também!

Postar um comentário

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel