Seguidores

23 de out de 2014

0

Salzburg, a cidade de Mozart - Parte 1 e 2


Salzburg na Áustria está localizada as margens do rio Salzach quase fronteira do país com a Bavária alemã. A magia de Salzburg esta nas magníficas igrejas e residências dos antigos moradores dos Burgos. É representado também pelos suntuosos edifícios dos arcebispos- príncipes.

Salzburg é conhecida como cidade dos festivais, o imponente forte e a eterna presença do filho mais querido de Salzburg Wolfgang Amadeus Mozart.  

 A primeira vez que fomos para Salzburg na Áustria foi em dezembro de 2007. A cidade nos surpreendeu tanto que em nossa terceira viagem para a Europa em 2009 a incluímos no roteiro.

Sim, sempre que algum lugar deixa saudades, logo tratamos de voltar e posso afirmar que nunca é igual à primeira vez. Sempre encontramos coisas diferentes, novos lugares, novos sabor parece até que fazemos parte de tudo àquilo ou que nunca saímos de lá.

 "O que torna Salzburg tão atraente é sua cultura, música, arquitetura e natureza."

Para conhecer Salzburg é necessário no mínimo três dias, passeie por suas ruelas, visite os museus, suba o Mônchsberg e aprecie a cidade de vários ângulos.
 Forte Hohensalzburg
O Forte Hohensalzburg, símbolo da cidade é a maior e mais bem preservada fortaleza de toda Europa. Sua construção foi iniciada em 1077. No século 15 foi transformado num local habitável, ricamente mobiliado.
Não é necessário agendar visitas guiadas para admirar o pitoresco pátio, a grande tília, a cisterna e a Capela de S. Jorge. Das muralhas do forte pode-se admirar uma vista magnífica da cidade, as montanhas que o cercam e os Alpes.
Mônchsberg

Catedral de Salzburg

A Igreja da Abadia de S. Pedro, com três naves laterais foi construída em 1130 e 1143 em substituição a igreja romântica incendiada.

A entrada para a Catedral é feita de três pesados portais de bronze. Em seu interior pode abrigar até 10.000 pessoas. Vale à pena entrar e apreciar seus afrescos no teto da nave central que mostram cenas da vida e do sofrimento de Cristo. Na cúpula octogonal (71 metros de altura) os afrescos mostram passagens do Velho Testamento. 

A Catedral de Salzburg fica na Cidade Antiga, na parte oeste do Rio Salzach. A entrada a catedral é gratuita. Para maiores informações sobre a catedral click em Catedral de Salzburg.



Kapitelplatz

No lado sul da catedral encontra-se a grande Kapitelplatz. Atrás à esquerda (foto) esta a fonte de Netuno (Neptunbrunnen). Construída em 1732 pelo escultor Anton Pfaffinger, é um dos bebedouros para cavalos.

As imagens são obras do escultor G.R. Donner e mostra Netuno montado em um cavalo-marinho acompanhado por dois tritões que vertem água.

Jardim Mirabell                                                                              

 
Porta de entrada para os jardins

 Em 1906 O Arcebispo Wolf Dietrich construiu para sua companheira Salomé Alt, o castelo "Altenau" ás portas da cidade. Seu sucessor o ampliou e o transformou em residência de verão dos arcebispos, denominando-o Mirabell.
Hoje, o gabinete do prefeito e vários outros gabinetes públicos estão instalados no Castello Mirabell.

Kapitelplatz

No lado sul da catedral encontra-se a grande Kapitelplatz. Atrás a esquerda (foto) esta a fonte de Netuno (Neptunbrunnen). Construída em 1732 pelo escultor Anton Pfaffinger, é um dos bebedouros para cavalos.

As imagens são obras do escultor G.R. Donner e mostra Netuno montado em um cavalo-marinho acompanhado por dois tritões que vertem água.



Jardim de Mirabell

O Jardim de Mirabell (Mirabellgarten) mostra um mundo colorido de flores e esculturas, cercas vivas e fontes.

                          Ao fundo da foto podemos visualizar o Forte Hohensalzburg e Duomo di San Ruperto e San Virgilio de Salzburg.


 A fama mundial da cidade não se deve apenas aos palácios majestosos ou a Mozart; Salzburg é lembrada também pelo filme "A Noviça Rebelde" uma grande história de amor baseado na história da família Von Trapp. O filme foi rodado em vários locais dentro e fora da cidade de Salzburg.
Vista para a cidade antiga de Salzburgo
O rio Salzach atravessa a cidade e desemboca no rio Inn.

Getreidegasse

Getreidegasse é a rua mais agitada da cidade, é hoje a mais importante rua comercial e frequentada por milhares de turistas. Algumas casas são do período 13 e 16. Algumas conservam seus charmosos pátios internos e corredores que conduzem á Universitatsplatz.



No número 9 da Getreidegasse, no dia 27 de janeiro de 1756, nasceu Wolfgang Amadeus Mozart, o famoso compositor. A família ocupava o terceiro andar do edifício. Hoje a casa pertence á Fundação Mozarteum e abriga uma mostra de documentos, quadros e instrumentos musicais que pertenceram á Mozart.

Residência de Mozart


A família de Mozart viveu de 1773 a 1787. Hoje na residência estão exposições que mostra a família Mozart e a cidade de Salzburg do período de 1773 a 1787. O Tanzmeistersaal (Salão do Mestre de Danças) esta conservado em estado original e utilizado para concertos.

Para visitar Salzburg não tem a melhor estação do ano, todas têm suas peculiaridades, por exemplo, no verão e primavera o ideal é escolher uma mesa ao ar livre dos muitos restaurantes da cidade e deixar o tempo passar. O outono é uma excelente época para visitar a cidade, já que ainda é possível fazer caminhadas pela cidade sem se preocupar tanto com o frio.


No inverno a atmosfera contemplativa que antecede o Natal é criada durante uma visita ao "Christkindl Markt", na Domplatz (Praça da Catedral) onde são montadas várias barracas que vendem desde artesanato a bebidas quentes para espantar o frio. 


     As comidas típicas da região como a famosa Bratwurst ( salsicha alemã) com chucrute (repolho em conserva)  não poderiam faltar na feira de Natal, além de delicioso é uma ótima pedida para comer bem sem gastar muito.
Comendo Wratsvurst (salsicha), repolho e pão.
       Entrar no clima da região e sentir-se parte do lugar é fazer como os locais; comer ao ar livre na praça de Natal, num frio absurdo e de pé, sim não tem bancos nem cadeiras para sentar-se. A fome era tanta que só fomos sentir o cansaço das caminhadas do dia todo quando chegamos ao hotel.




Ficamos hospedados no hotel Der Salzburger Hof, a decoração do salão do café era muito agradável e tradicional. 
Curiosidade: no hotel havia um canal da televisão que passava o filme da Noviça Rebelde durante 24 horas. Foi emocionante eu estar visitando o lugar onde foi filmado este clássico.

 Encontre hotéis em Salzburg pelo Booking. com
 


Salzburg - Parte 2                                    




        Minha primeira vez a Salzburg foi maravilhosa (esta foto já é da segunda visita) e estar na época do Natal tornou a viagem especial. As feiras de Natal na Europa são muito parecidas, com barracas de comida típica, vendas de artesanato local e muita bebida quente para espantar o frio.

A feira de Natal em Salzburg foi a primeira que visitamos, gostamos tanto que nas outras viagens organizamos nosso roteiro sempre passando pelas melhores feiras da Europa.


 Os preços da comida na Feira de Natal são acessíveis ao bolso, aproveite e experimente de tudo um pouco e se estiver com criança a festa esta completa.

A sopa Goulasch é comum na Áustria, Alemanha e Hungria. Feita a base de carne e páprica picante, impossível não comer mais de um prato desta delícia.




Uma das várias lojas que vendem lindos enfeites de Natal.

    Quando anoitece as luzes de Natal deixam tudo ainda mais espetacular.
             
*As fotos deste post são muito antigas, tiradas antes de eu adquirir uma máquina fotográfica digital que nesta época, portanto elas não são de boa resolução.

COMO CHEGAR:

- Trem - 2h 20min de trem de Viena. Para maiores informações click RailEurope
- Carro - 2h 54min (296km) via A1. ( desde Viena)
                3h 49min (336,9km) via A1 e A8)
                4h (400,9km) Via S6 e A9.



Comente você também!

Postar um comentário

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel