Seguidores

19 de jan de 2015

4

Ano Novo em Zurique

Neste post vou contar como programar o Ano Novo em Zurique, o horário da queima dos fogos, sim, tem horário e não é a meia noite como ocorre na maioria dos países, inclusive no Brasil. 
A viagem e a grande Festa 
Decidimos comemorar as festas de final do ano(2014) na Europa. Fizemos várias pesquisas para saber onde comemorar o Ano Novo. Foi um pouco demorada a nossa decisão, visto que tem lugares maravilhosos para comemorar a virada do ano, mas tínhamos que levar em consideração a logística da viagem. E decidimos que seria em Zurique. Esta era a cidade que mais se adequava ao nosso roteiro.
Nosso voo foi de são Paulo para Amsterdã onde alugamos um carro (Sedan Volvo). Depois de passarmos alguns dias em Colônia, Munique, Basel, Berna e Interlaken nos dirigimos a Zurique onde passamos o Ano Novo.
Reservamos o hotel com muita antecedência, pois como acontece em outras cidades Zurique tem uma procura maior por hospedagem nessa época do ano. 

Quando chegamos em Zurique nevava muito. Mesmo com sol no dia 31, fazia muito frio, mas a empolgação de estar naquele lugar mágico fazia com que esquecêssemos de qualquer incômodo.

Durante o dia estava tudo muito calmo, pessoas passeando nos parques próximo ao lago, crianças, cachorros, algumas bancas de comida , parecia um dia como outro qualquer. Então fiquei pensando, como será que eles comemoram o Ano Novo. Que falta de animação!

Lago Zurique onde os barcos atracam para a queima dos fogos.
     Em algum momento começou(quase que desapercebidos) a chegar alguns caminhões carregados de equipamentos, outros trazendo bebidas e, em seguida, foram sendo montadas diversas bancas as margens do lago.
    Essas mesas redondas já fazem parte do local e não tem cadeiras ou bancos para sentar, mas quem se atreveria a ficar sentado muito tempo no frio.

    Ao longo do calçadão várias bancas montadas a espera dos clientes.


Muito vinho quente(Gluhwein) para aquecer na noite congelante.

 
 Comida Vietnamita para todos os gostos.
Uma banca de brasileiros que vendiam caipirinha para afastar o frio.
Muita bebida, comida e música. 

       Ao fundo as luzes de uma apresentação de um DJ com musicas eletrônica e sucessos atuais.

     A barraca onde vendiam a bratwurst (salsicha em alemão) era a mais concorrida, sempre tinha fila para comprar esta delícia que tinha como acompanhamento catchup, mostarda e pão.

    Sabíamos que era esperado uma multidão para assistir a queima de fogos, então jantamos no local.
O palco foi montado especialmente para o evento e teve show ao vivo de bandas conhecidas do público. 
   Próximo ao Lago, vários hotéis também fazem a queima de fogos, sempre antes da festa principal.
   Muitos turistas ficam hospedados nestes hotéis para ter o conforto de assistir ao espetáculo sem      precisar ficar ao relento.
     As horas passando e as pessoas chegando cada vez mais, até que:

     Queima dos fogos:
Começa o Show!


      Atenção:

     Agora vou explicar como se comemora o Ano Novo em Zurique e porque não foi possível  assistir aos fogos as margens do Lago.

      Preparativos para o grande dia:
      Filmadora, máquina fotográfica, além dos celulares que tiram fotos, muito agasalho para agüentar e esperar tanto tempo de pé no frio. Depois de tudo conferido fomos mais cedo (Quatro horas antes) para guardar o nosso lugar, eram esperadas aproximadamente 200.000 pessoas.

   Fomos caminhando até o lago que ficava vinte minutos do hotel a passos lentos contemplando as mais belas paisagens que mais pareciam pinturas. Quando chegamos não tinha muita gente (era muito cedo) e fomos logo guardando o melhor dos melhores lugares.

De frente para o lago! Ficamos junto a um pequeno muro da praça e ali permanecemos. Quando um de nós precisava sair por algum motivo o outro ficava.

  Passamos três horas encima de uma camada fina de gelo com uma multidão aglomerada atrás de nós e sem poder sair de lá. Mesmo com botas impermeáveis, meia de lã (duas) os meus pés estavam congelados a ponto de não sentir as pontas dos dedos. Não é exagero! Tudo para ficar no melhor lugar e assistir de um lugar privilegiado o festival de fogos mais famoso da Suíça.

    Faltando exatamente quinze minutos para a meia noite, tocaram os sinos das igrejas da cidade anunciando o fim do ano velho. A meia noite avistamos quase que escondido alguns clarões e um tímido som dos fogos que eram lançados pelos hotéis comemorando o Novo Ano. Os minutos passavam e mais nada acontecia. Ficamos paralisados e decepcionados.

Exatamente 15 minutos após a meia noite, novamente escutamos as badaladas dos sinos anunciando a chegada do Ano Novo. Estávamos muito cansados e decidimos ir embora, afinal, o que fomos ver não havia acontecido.

 Deixamos aquele tão idolatrado lugar que logo foi preenchido por desesperados turistas que nos olhavam com estranheza e curiosidade.

  Quando estávamos a 10 metros do local de onde estávamos, 20 minutos após a meia noite, apagaram-se todas as luzes as margens do Lago e começou o grande espetáculo. Muitos fogos que iluminavam o céu, o lago e todos os espectadores. Não acreditávamos no que estava acontecendo. Todo aquele trabalho para não ver as luzes dos fogos refletindo nas águas do Lago Zurique.

    Por isso que ao sairmos tanta gente nos olhava com cara de espanto. Talvez pensassem que algum de nós estava com algum problema e não nos avisaram... melhor pensar assim!

    Aos leitores viajantes que desejam viajar para Zurique e passar a virada do Ano, não esqueçam que a queima dos fogos acontece a exatos vinte minutos passados da meia noite.

Esta informação importante eu não encontrei em nenhum texto sobre Ano Novo em Zurique.

Mesmo não estando no melhor local, as imagens e o momento foram inesquecíveis.

Dicas:

Também é possível comemorar o Ano Novo á bordo de algum dos barcos que fazem o passeio no lago e um pouco antes das 24h atraca em alguma parte das margens do Lago Zurich para que as pessoas possam assistir aos fogos.

Este é o objetivo principal deste Blog passar toda informação na íntegra, sem nenhum corte, para que imprevistos como este sejam evitados e todos possam desfrutar de uma excelente viagem.

          Leia também, você vai  gostar:                                                                                                     
Berna, a encantadora capital da Suíça.                                                                                                  
Interlaken - Jungfrau / Suíça                                                                                                                                                              
Zurique: uma cidade encantadora e sofisticada.                                                                    
 Lucerna - Suíça

Basiléia: capital cultural da Suíça

*Deixe seus comentários no final da postagem, eles são muito importantes para ajudar outros viajante.

4 comentários:

  1. Estive em Zurique no final do ano passado, é um lugar apaixonante!!! - www.blogmeumapa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Vou passar o final de ano lá tbm....eu e meu esposo rimos muito com seu texto rsrsrsrsrs....obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jane, agora com a proximidade do Ano Novo, as lembranças daquela noite ficam tão clara na minha mente que chego a sentir a sensação do momento e lembro da face do meu filho e do meu marido quando começou os fogos. Obrigada por visitar o blog! Abraço

      Excluir

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel