Seguidores

12 de abr de 2015

2

Berna é a encantadora capital dos suíços.

 
Depois de visitar a Basiléia, arrumamos as malas, carregamos o carro, programamos o GPS, seguimos o nosso roteiro rumo a Berna (ainda na Suíça). Devido a previsão de nevasca preferimos seguir viagem pelo auto estrada e não pelas rotas alternativas. Havia um pequeno congestionamento e rapidamente o GPS indicou outro caminho que parecia ser mais rápido. Seguimos viagem para Berna pelo trajeto que o GPS sugeriu.
#1ºPerrengue                                                                                                                                
Tudo estava bem até o momento que a paisagem começou a mudar; poucas casas, lojas que vendiam equipamento para esquiar, estrada ficando mais estreita, não bastasse tudo isso começou a nevar forte. Em certo momento fiquei desesperada, porque havia acabado as luzes de sinalização e começamos a subir a montanha com arvores gigantes dos dois lados da estradinha. O cenário parecia filme de terror, onde só tem você esperando o monstro aparecer a qualquer instante. Depois de ter percorrido trinta minutos e sem saber o que nos esperava mais a frente, o melhor a fazer naquele momento era voltar para a auto pista. Muito cuidado com a indicação do GPS, nem sempre ele estará certo. Levamos um mapa da Europa (guia Michelin) para emergências e funcionou.
     Chegamos bem na auto estrada, caindo alguns flocos de neve, com boa visibilidade, sem gelo no asfalto....





Susto                                                                                         
     Alguns quilômetros adiante a paisagem mudou completamente. Nevasca intensa e pista escorregadia, os carros em alta velocidade( eles não diminuem a velocidade mesmo nevando). Estávamos com carro apropriado para este tipo de intempérie e meu marido estava acostumado a dirigir com neve na pista. Naquele momento eu esqueci de tudo isso e o pavor tomou conta de mim.


 Depois do susto fomos recompensados com esta deslumbrante paisagem. O rio Aare, as pontes, os telhados cobertos pela neve fazia a cidade de Berna ficar ainda mais encantadora. Nem o frio e a neve caindo o tempo todo nos impediram de caminhar pela cidade, queríamos aproveitar aquele momento único.. Estávamos radiantes de alegria e contemplação. Tudo valeu a pena.





As pontes são passagens para ônibus, trens, ciclistas e pedestres. A malha ferroviária de Berna é muito boa. No entanto conhecer a cidade a pé, nos faz ter uma outra visão do lugar, além de descobrir locais maravilhosos da qual não encontraremos nos guias de viagem.
 


 

 Vista da torre da Catedral de Berna ( ao fundo a direita da foto). A Catedral em estilo gótico tem um campanário de 100 metros de altura.

 Localizada na rua Kramgasse, a famosa  torre com sua face dourada, construída em 1191 como portão ocidental da cidade antiga. Ao longo do tempo, a torre funcionou como uma torre de guarda e uma prisão.
 

A torre do relógio, mais conhecida como “relógio do tempo” ou Zytglogge (dialeto suíço-alemão) é uma das principais atrações de Berna. Mas o que os turistas esperam ver não é a mecânica do relógio, mas sim a chegada de cada hora que é anunciada pelo canto de um galo e também alguns minutos antes de cada hora uma tropa de ursos marcha em volta de uma figura sentada. Vale a pena esperar pelo espetáculo. A parte medieval da cidade é Patrimônio Cultural Mundial da Unesco.
    Kramgasse com seus 330 metros é uma das principais ruas do lado antigo da cidade de Berna. Caminhando por esta rua percebi que ela esconde várias curiosidades como lojas, cafés, bares e restaurantes nas laterais da rua, porém tudo subterrâneo. Eu só percebi quando algumas estavam com suas portas abertas(que mais parecem janelas). Tirei foto para entenderem melhor.



 
 
Fontes do século XVI estão em todas as praças e ao longo das ruas. Todas com figuras alegóricas, atiçando a curiosidade dos visitantes.





Parque dos ursos
Símbolo da capital suíça
 


       O parque dos ursos oferece aproximadamente seis mil metros quadrados de área, onde podem escalar, pescar e brincar. Um ambiente que permite condições mais próximas a da vida selvagem dos ursos.

[ Refúgio dos ursos]
Os ursos não apareceram. Era época de hibernação.
As margens do rio Aare é possível caminhar sobre a passarela e observar a vida dos ursos. Isso quando eles aparecem.





                                                               [ Casino ]
       A foto acima mostra o Parlamento, atrás dele tem uma vista linda do rio Aare. Em uma localização privilegiada a Bundesplatz abriga de dezembro a Fevereiro a popular pista de patinação com seus setecentos metros quadrados.
[ Natal Dez/2014 ]
      

Teatro
                 


  
    Os restaurantes dispões de mantas para os clientes que preferem ficar do lado de fora do restaurante, longe da calefação.


Onde comer:


     Casa Novo Restaurante esta localizado em uma simpática construção ambiente aconchegante e comida boa. Preço :custo benefício.


 
Por acaso escolhemos o restaurante bar Arlequin para comer um tradicional Fondue suíço acompanhado de um excelente vinho. Ao contrário do que pensávamos eles não servem fondue de carne, somente de queijo. O lugar é pequeno e aconchegante atendeu bem nossas expectativas.
(Fondue de queijo: CHF 24,50 para duas pessoas) 
2º Perrengue                                                                               
Depois de saborearmos o delicioso Fondue de queijo no tradicional restaurante Arlequin, meu marido e meu filho disputavam com um pedaço de pão fincado no garfo (cada um) o pouco que sobrou de queijo no fundo da panela. A brincadeira só acabou quando a panela de ferro pendeu para o lado derrubando na mesa o restante do álcool gel. O fogo logo se alastrou pela mesa. Em segundos apareceu a atendente com um monte de toalhas na tentativa de apagar o fogo. Sem nenhum sucesso, outro atendente trouxe mais uma pilha de toalhas (limpinhas) e jogou por cima das outras que já estavam ali. Todos em pânico, pois tinha outros clientes com panelas de Fondue e álcool em suas mesas. Foram minutos que pareciam horas até apagar o fogo. Depois que tudo acabou nos desculpamos e queríamos pagar o prejuízo, mas não nos cobraram nada. A funcionária que ajudou ficou muito brava com a gente. Tenho certeza que meu marido e meu filho aprenderam a lição.

Onde ficar:
Ficamos hospedados no hotel #Novotel Expo, com ótima localização.
Existem outras opções de hospedagem em #Berna clique aqui.

  LEIA TAMBÉM:

- Interlaken- Jungfrau

- Lucerna vai te surpreender.

2 comentários:

  1. Oi, sou a Lívia de Olinda e estamos programando nossas férias de dezembro/ 2015, baseado nos seus relatos de viagem. Gostaria de saber se costuma cancelar os voos com frequencia na Europa devido ao mal tempo. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lívia, o tempo na Europa pode mudar a qualquer momento no inverno, muito difícil prever isto, eu sugiro deixar para reservar alguns hotéis e atrações mais perto da data de chegada. Outra sugestão é reservar hotel sem taxa de cancelamento. Aqui pelo blog você tem a opção do BOOKING.COM com muitos hotéis que não cobram esta taxa. Bjs

      Excluir

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel