Seguidores

24 de jan de 2016

0

Basileia - Capital cultural da Suíça



 Este post é uma continuação da nossa viagem de carro pela Europa, cujo roteiro incluía: Colônia, Munique, Garmisch  Partenkirchen, Basileia, Berna, Interlaken Jungfrau, Zurique, Lucerna, Colmar, Koegniesburgo, Bruxelas, Waterloo, Brugges e Amsterdam. Não dormimos em todas as cidades que conhecemos porque em pequenas distancias e lugares pequenos, um bate volta vale a pena.

No primeiro roteiro iríamos de Munique direto para Zurique passando pelo Lago Constança. Mas nem sempre as coisas acontecem como planejado, por isso a importância de reservar apenas o hotel da primeira cidade. Programar viagens de carro de no máximo quatro horas também fazem parte de nosso planejamento pois este tempo pode mudar conforme os imprevistos.



 Como eu estava dizendo...
  Fomos de Munique para Basiléia (395 km - 4h30 min) ao invés de ir direto para Zurique, porque a previsão pelo roteiro inicialmente escolhido era de nevasca. Então, para ter mais tranquilidade em nosso trajeto e evitar maiores problemas mudamos nosso itinerário viajando pelo sul da Alemanha em direção a fronteira francesa e entrando pela Basiléia.

    Basiléia

Basiléia fica na fronteira da Suíça com Alemanha e França - numa zona chamada de Dreiländerecke. A língua oficial é o alemão, mas é muito comum falarem francês.

Referência mundial no campo da indústria farmacêutica, abriga empresas como a Roche e Novartis. É a cidade universitária mais antiga da Suíça.

Na Basiléia, assim como em toda a Suíça tudo funciona muito bem, como um relógio Suíço. O transporte público e o trânsito são impecáveis, com muita organização e pontualidade.

O que visitar:
Basiléia é a capital cultural da Suíça, com muitos museus, galerias de arte e eventos culturais o ano todo. Em algumas épocas do ano acontecem eventos como ArtBasel (feira clássica e contemporânea), carnaval, Feira de outono (outubro), Feira de Natal (em Dezembro).               As feiras são ótimas opções para comer bem, pagar barato e provar da gastronomia local.

O zoológico de Basel é o mais antigo da Suíça e o maior em numero de animais. Vale a pena a visita. Esta localizado próximo a estação SBB.

A melhor maneira de conhecer a Basiléia é a pé. Deixe se perder pela ruas antigas e estreitas. Você vai se surpreender com os lugares que irá descobrir. Sugiro começar pela Marktplatz, Mittlere Brücke para a Münsterplatz.








A fonte d`água é do artista Suíço Tinguly. Suas obras se destacam por usar sucatas em suas esculturas. Essa que fica na Teatherplatz se destaca por parecer que elas se falam entre si. 

Prefeitura de Basel (Ratlaus)
Quando chegar no centro de Basiléia, na Markplatz, é impossível passar despercebido o imponente prédio com a fachada de arenito vermelho e esculturas do artista Thomas Shütle. Construído entre 1504 e 1521, em estilo gótico, a construção abriga a Prefeitura de Basel. As visitas são gratuitas. Então aproveite para apreciar o belo e amplo pátio interno, a beleza de uma escadaria e as maravilhosas obras de arte.


A Markplatz, que fica no centro da cidade, é um mercado onde vendem frutas, vegetais, queijo, pão, flores, doces e pastéis.
Catedral
A construção da catedral data entre 1019 - 1500. Em estilo gótico, a sua fachada exibe figuras esculpidas como a de S. Jorge.
Com duas torres, uma de 62 metros e a outra de 65 metros de altura, a maior é a de S. Jorge e foi acabada em 1492 depois de sofrer um abalo do terremoto de 1356.

A atração principal é subir até o topo da torre, depois de passar por estreitas escadas. A última subida sem corrimão, com janelas em arco que vão até o chão,  dão a impressão de que vamos despencar lá de cima. Mas as vistas espetaculares sobre o rio Reno, a cidade de Basiléia aos seus pés e a Floresta Negra (á distancia) compensa qualquer medo.












Igreja Elizabethen

Onde comer:

Caminhando pelas ruas de Basiléia é possível encontrar desde lugares que vendem lanches rápidos até restaurantes com gastronomia mais requintada. No inverno é muito comum ver mantas sobre as cadeiras e grandes aquecedores (de rua)para aquecer os clientes que preferem ficar do lado de fora.

Transporte e Aeroporto

Estação de Comboios

A Estação ferroviária de Basiléia esta localizada na Centrabahnstrasse onde se vende bilhetes nacional e internacional. Aberto 24 horas.
Alguns hotéis oferecem ao seus clientes ticket grátis para andar nos transportes públicos, atrações e Van até o Euroairport Basel - Molhouse - Freiburgo.

O aeroporto foi construído em solo francês, a 4km de Basiléia. Oferece aluguel de carro, táxi e Van.    A Van nº 50 vai até a estação de Comboios na Basiléia.


A malha ferroviária da Suíça é impecável


Onde ficar:

Nos hospedamos no hotel Novotel, que possui excelente estrutura e boa localização.
Se precisa de ajuda para encontrar hospedagem em Basel eu indico o booking.com



    Alguns museus que eu sugiro:
     - Museu kunstmuseum
     - Museum Für Gegenwartskunst
     - Antikenmuseum

      Para crianças:
      - A Puppenhausmuseum Basel
        Tem uma coleção enorme de ursinhos e bonecas. Crianças e adultos ficam encantados com o museu.
































Comente você também!

Postar um comentário

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel