Seguidores

4 de mar de 2015

0

Interlaken -Jungfrau - Suíça


  Patrimônio Mundial da Unesco, localizada nos Alpes suíços a região de Jungfrau é conhecida por seus lagos, montanhas exuberantes, cachoeiras e cidades bucólicas. Tornando difícil assimilar tanta beleza.
Com a possibilidade de praticar vários tipos de esporte tanto no verão quanto no inverno, esta região atrai esportistas do mundo todo. O ponto forte deste lugar é subir até o Topo da Europa (Jungfraujoch com 3454 m de altitude) de trem onde é possível ter uma linda vista do vale (quando não há neblina). Existem outros picos conhecidos como Jungfrau (altitude 4158 m) Monch (altitude 4107 m) e Eiger (altitude 3970 m).
   Estação ferroviária de Interlaken
Ficamos hospedados em Berna e a ideia era fazer um bate-volta até Jungfrau. Saímos cedo (Dia 30/12/2014 de trem) para dar tempo de explorar bem a região. Da estação de Berna até Interlaken foram 50 minutos num trem confortável e pagamos CHF 168 (ida e volta) para três adultos(meu filho de 16 anos paga como adulto).
 
Chegando na estação em Interlaken Ost o atendente nos orientou á comprarmos os bilhetes até  Kleine Scheidegg, visto que em Jungfraujoch (Top of Europe) tinha muita neblina e visibilidade perto de zero, não podendo enxergar o mais belo espetáculo; a vista panorâmica. O custo do bilhete até Kl. Scheidegg por pessoa (ida e volta para três pessoas foi de CHF 156. Até Jungfraujoch acrescenta mais CHF 85 para cada um. Isto mesmo não é barato, mas para quem tem o Swiss Pass o desconto é de 50%, além dos passeios de barco.
Comprando por exemplo pelo site da Rail Europe fica mais barato.



 Preste atenção, não havíamos adquirido o Swiss Pass  preferimos alugar um carro pelo conforto de não precisar carregar malas ou mochilas, além de ficar livre dos horários. Por outro lado, custou mais caro do que se tivéssemos optado em viajar de trem.
 
      De água azul turquesa os lagos Thun e o Brienz separam Interlake Ost de Interlaken West, daí vem o nome "entre lagos". Recomendo fazer caminhadas pela região, é uma excelente opção para conhecer novos lugares que os automóveis não têm acesso, além de apreciar a paisagem bem de perto.
 
 Interlaken Ost conta com hotéis, Cassino e parque, é  também o ponto de partida para Jungfraujoch.
 
Wilderswil                                                                          

 
Wilderswil (altitude 584 m) está situada no coração de Jungfrau. Por sua privilegiada localização é o ponto de partida para aventurar-se em caminhadas desafiadoras e esportes radicais, tudo isso em um ambiente natural.
 Durante o trajeto passamos por vários vilarejos onde é possível desembarcar e passear. Depois é só embarcar no próximo trem e continuar a viagem. Como não tínhamos muito tempo (um dia) deixamos para conhecer os principais pontos. Não podemos esquecer que o inverno na Europa os dias costumam ser mais curtos e muito frio, portanto chegar cedo é o ideal.

Lauterbrunnen                                                                               
 Lauterbrunnen ( altitude 796 m)

Clique no nome para ver os horários dos trens em Lauterbrunnen 
Vista de dentro do trem para Lauterbrunnen


     Rios que cortam os vales.
 

 Wengen (altitude 1274 m)


     Todo momento trens com reboque subindo e descendo levando passageiros e seus esquis.
     A maioria dos esquiadores ou snowboards levam o seu próprio equipamento.

 
Eu sabia que a Suíça era um dos países mais frios da Europa, mas nunca imaginei estar em um lugar com temperatura - 8º, nevasca intensa cobrindo tudo com muita rapidez e sensação térmica de congelar até pinguins.   
                                                                  
     Quando os esquiadores e snowboards precisam dar uma pausa deixam seus equipamento ou trenós em local específico ou há os que preferem deixá-los em qualquer lugar.

          Com tanta neve encobrindo o chão ficava difícil enxergar o que era passagem para pedestre ou trilhos

     

 
                                         Mapa das pistas para esquiadores, snowboard e trenós.                  
                                                                                    
      Tem lojas de aluguel de equipamentos de esquiar completo. Para quem ainda não sabe esquiar pode pagar para ter aula com um instrutor capacitado ao custo de  CHF 100. Vale a pena.


          Este foi um momento que começou a nevar muito, mas ninguém se intimidou parecia que nada estava acontecendo. Dentro desta barraca gigante que mais parece ter saído dos filmes de Forte Apache era um entra e saí de pessoas. Eu como sou muito curiosa fui espiar. Haviam várias pessoas bebendo muito, dançando e cantando. Parecia estar muito divertido!
Outra atração imperdível são os shows de banda conhecida, onde é montado um palco somente para este tipo de evento.
      O tempo piorou e a visibilidade também.

    Hotéis, restaurantes e lojas fazem parte da estrutura do local.
  
 
Devido as condições meteorológicas não foi possível subiraté Jungfraujoch, não foi possível conhecer o Top of Europe, montanha mais alta do continente. Fica para a próxima a ida até Jungfraujoch.
Essas coisas podem acontecer nas viagens, você programa um roteiro e muitas vezes acontecem imprevistos como este. A mãe natureza é imprevisível!
O melhor que tínhamos a fazer era aproveitar por ali mesmo. Digamos que ficamos um pouco frustrados, especialmente meu filho que tinha grande expectativa de subir até o topo da montanha.

 Ao lado dos trilhos dos trens que levam os turistas e esquiadores para Jungfraujoch (Topo da Europa) ficam alguns restaurantes com comidas e bebidas variadas. Com tanto frio paramos para comer e nos aquecer. A vista que tínhamos de dentro do restaurante  era para estas mesas com os pratos, bandejas e copos cobertos pela neve.
Com a nevasca e muito frio, as pessoas preferiam comer em locais fechados com aquecedores. Ficar ao ar livre só para os esquiadores.
                                 
Este foi o pedido do meu filho. Comer hamburger de carne na Suíça é um luxo.

     Appel Strudell

Ficou com água na boca? Eu também fiquei, mas quando fui comer o creme estava frio e não tinha comparação com o delicioso Appel Struddell que comemos na feira de Natal em Colonia.

 
                                             Chocolate quente não poderia faltar.

Restaurante aconchegante e descontraído, gastronomia variada e bom atendimento. 


 
Há os que preferem comer ao ar livre, vai uma pizza aí!
  
 

     Estação para Jungfraujoch (fica para a próxima viagem).
    

     Este é o trem que sobe até o Topo da Europa, mas este da foto só estava descendo e trazendo as pessoas de volta. O tempo já havia piorado. Assista ao vídeo.

       Repare que são três trilhos e não dois como é usado normalmente. O trilho do meio tem uma espécie de dente (gancho), muito importante para a propulsão e principalmente para a frenagem do trem.

    Final de tarde e com visibilidade cada vez menor era a indicação que estava na hora de voltar. Caso você não fique hospedado em um dos hotéis da região é necessário ficar atento ao horário do último trem. Caso contrário terá que fazer o sacrifício de passar a noite neste lugar deslumbrante. Isto se tiver vaga em algum hotel, da qual tem preço para todos os tipos de gostos e bolsos.
     E assim começa a descida com paisagens não menos encantadoras, como estas casas de madeira típicas da Suíça com enfeites luminosos ainda do Natal.

Optamos em voltar por Grindewald (altitude 1034 m), não foi possível conhecer, apenas trocamos de trem e seguimos viagem até Interlaken Ost onde fizemos, baldeação para o trem que nos levou até Berna.
Fica difícil eu definir como foi este passeio de tanto que gostei, só tenho a certeza de querer voltar!
Dicas:
- Caso você for no inverno agasalhe-se bem. Não adianta usar vários agasalhos e não escolher o correto, vou deixar aqui alguns itens importantes para usar em Jungfrau
- Roupa underwear impermeável, calça e blusa.   
- Algumas pessoas usam calça jeans ou sarja. Se você for mais resistente ao frio até pode usar, desde que por baixo da roupa use roupa térmica. Caso contrário terá que ficar mais tempo em local fechado.
- Blusa térmica tipo Soft.  Sapatos ou botas impermeáveis. Touca, cachecol, meias de lã e luvas
- Óculos para sol. Parece estranho, mas a neve branca com o sol, acaba refletindo uma luminosidade que pode prejudicar a visão.    

- Jaqueta ou casaco impermeável, corta - vento. Não escolha casacos pesados, existem no mercado vários modelos com as características que descrevi.


Faça sua reserva de hotel na região de Jungfrau pelo;  BOOKING.COM

Clique aqui e veja os horários de trem para Jungfraujoch.
 
Para maiores informações: http://www.jungfrau.ch























 




Comente você também!

Postar um comentário

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel