Seguidores

9 de out de 2016

30

Como conciliar a escola dos filhos com as viagens em família

    Eu adoro participar de blogagem coletiva - são vários blogs - neste caso de viagens em família, se unem para escrever sobre o mesmo assunto.

São muitas dicas, além de tirar suas dúvidas podem evitar algum transtorno. No final desta postagem tem uma lista dos blogs amigos participantes.

Tire um tempinho e leia cada um dos post que foram escritos com muita dedicação e carinho. Tenho certeza que irão encorajar vocês a viajar com seus pimpolhos mesmo durante o ano letivo. Sim, é possível viajar!
França / 2007 -

Mesmo nas férias comprar livros do interesse de nossos filhos é uma oportunidade de despertar ainda mais o interesse deles pela leitura. Meu filho Alexandre esta de pé no final da foto escolhendo um livro.



Podem reparar que as fotos são bem antigas, eu ainda não tinha uma boa máquina fotográfica ou porque o Alexandre já tem 17 anos - o tempo voa!

Desde quando nosso filho Alexandre nasceu, sempre foi nosso companheiro inseparável em todas as viagens. Mas quando iniciou o Ensino Fundamental, tudo mudou muito.


As viagens em família tinham que ser programada conforme as férias escolares e não mais com as nossas férias do trabalho


O Castelo Warwick de arquitetura medieval esta situado em Warwick na Inglaterra



Continuando...
Vou contar como Foi nossa experiência com nosso filho desde o Ensino Fundamental até o Ensino Médio.

Detalhe: O nosso filho Alexandre está estudando para o vestibular, além de conciliar com os treinos de natação todos os dias. O melhor de tudo é que continuamos viajando em família.

Aqui estão algumas dicas que testamos aos longos dos anos:

* Quando as crianças iniciam o Ensino Fundamental, a melhor coisa a fazer é incentivá-los a tirar boas notas nas provas desde o inicio do ano. Isto também serve para os anos seguintes.

* Entregar os trabalhos em dia, lição de casa (tema) e os exercícios feitos em sala de aula são muito importante, pois são pontos a mais na hora de somar as notas. E se sobrar bônus, será ainda melhor, pois deixará vocês muito tranquilos.

  Meu filho ficava muito preocupado em tirar boas notas, mas não gostava nadinha quando precisava  recuperar provas e trabalhos na volta das viagens  - sabe aquela preguiça!

* Aproveite os fim de semana e feriados para passeios mais curtos, enquanto seu filho não precisa deles para ficar em casa estudando.

* Se alguma viagem for programada antes das férias do seu filho começar e não ter como ser diferente, combine com os professores para adiantar os trabalhos ou até mesmo provas.

    Algumas escolas costumam ajudar, porque acreditam que as viagens são uma maneira das crianças e adolescentes aprenderem fora da sala de aula.

    Mas veja bem, vai depender de cada escola, das notas do aluno e se ele tem um comportamento exemplar.

* Tudo precisa ser negociado com antecedência. Mas já aconteceu de avisarmos a direção e professores praticamente encima da hora.

     Foi em uma viagem de negócios do meu marido, da qual eu e meu filho tínhamos a oportunidade de ir junto. Deu tudo certo, mas acumulou provas e trabalhos.

* sabemos que viajar na baixa temporada os preços são bem mais atrativos para o nosso bolso. mas depois que inicia o ano letivo, não é tão fácil. Para terem uma ideia já passamos vários Natal na Europa, como? Programamos com muita antecedência (um ano).

Compramos nossas passagens com milhagem e usamos nossos bônus de hotel. Praticamente só gastamos com alimentação, algumas diárias e aluguel de carro.

Em 2014 fomos para Europa e visitamos: Alemanha, Suíça, Bélgica, Holanda e França. No Brasil: São Paulo, Santa Catarina e Curitiba.

Em 2015, visitamos Brasília, Curitiba, São Paulo, Espirito Santo.

Em 2016, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Brasília, São Paulo e Bahia.


Importante:
Devo esclarecer que não é tão fácil assim, muda muita coisa e nossa ajuda foi muito importante para apoiar nosso filho. Voltar de uma viagem longa e no outro dia ter que ir para a escola fazer prova, não é uma tarefa agradável para eles.

Blogagem coletiva que já participamos:

- O que as crianças aprendem nas viagens

Leia também:






Aqui esta a lista dos blogs amigos que estão participando desta blogagem! Click:
 Para saber mais sobre este assunto use  nas redes sociais a #viagesnEescola














16 - Andreza Dica e Indica











30 comentários:

  1. Oi Solange, é um verdadeiro malabarismo isso né? Este ano consegui encaixar em um período perfeito (pra minha filha mais velha que está no 5 ano) e para os pais aqui, aí veio a escola e alterou o cronograma de provas. Fiquei em pânico, ela iria perder todas as provas da 4 avaliação!!!

    Fui na escola, expliquei e eles foram super compreensivos (#muitoamor) e remarcaram todas as provas delas para uma semana depois que chegarmos, sem ter que pagar 2 chamada nem nada. Ufa!

    Ano passado foram 22 dias longe dos livros, na volta ela teve 4 dias pra estudar para as provas da 4 avaliação e obteve nessas provas as melhores notas do ano: ou seja, depende realmente da criança, aqui confiamos na princesinha e enquanto for possível vamos viajar fora do período lotado de férias escolares.

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Trícia, eu imagino a tua correria quando remarcaram as provas. A gente entra em pânico né! É como eu digo, depende de muita coisa, mas quando a escola ajuda tudo fica mais tranquilo. Claro, com a ajuda dos pais facilita muito. E meu filho já tem 17 anos, mas devido aos treinos e competições de natação, ainda temos que dar um suporte, senão ele não aguenta tanta cobrança. Agora viajamos muito com ele para os campeonatos. Bjs

      Excluir
  2. oi Solange!
    Pensamos de forma semelhante, ainda que meus dois filhotes estejam ainda no Fundamental 1.
    Boas notas é inegociável aqui em casa. Desde que o ano começa, nós temos nossa política de "nota mínima" em casa. Faço a mesma coisa em relação à tarefas, trabalhos e ausências... somente em caso de emergência! =)
    Bjo e obrigada pela sua visita lá no Diário de Viagem.
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana eu tinha esquecido que também tínhamos a política da nota mínima. Mas vale a pena né! Eles crescem sabendo das responsabilidades, que tem lazer e obrigações. Obrigada pela visita aqui no blog, bjs!

      Excluir
  3. Solange, meu filho ainda está com 7 anos, imagino que quando ele crescer vai ficar mais difícil faltar as aulas. Imagino quando o seu entrar na faculdade, vai ficar mais difícil ainda. Mas as viagens também são super importantes na vida de nossos pequenos, é um momento da família estar toda reunida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, nem me fale, acho que na faculdade ele não vai querer viajar com a gente com tanta frequência. Eles crescem e querem sua liberdade. Mas por enquanto vamos levando como dá! O mais legal é que temos a desculpa de viajar para ver ele nas competições de natação. Bjs

      Excluir
  4. Oi Adriana eu tinha esquecido que também tínhamos a política da nota mínima. Mas vale a pena né! Eles crescem sabendo das responsabilidades, que tem lazer e obrigações. Obrigada pela visita aqui no blog, bjs!

    ResponderExcluir
  5. Vou ler mais aqui sobre esses Natais na Europa! Também quero ver os mercados! Tem posts?
    Fomos a Warwick com o Lipe pequeninho, que saudade!
    Bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, tem post de Natal lá no blog, eu amo as feiras de Natal. Pode ter certeza que vocês irão amar. É tudo de bom...são momentos de muita magia. ´Porém não são como os Natais de Gramado aqui do Sul. Digamos que não é Disney! É mais animado nas cidades que tem as feiras de Natal. No inverno tudo fecha mais cedo, mas as feiras ficam até as nove horas da noite( depende do lugar).
      Alguns lugares tem patinação no gelo para crianças! O bom mesmo é você dar um pesquisada antes, para ver lugares que sejam legal para o Lipe também. As feiras são um ótimo lugar para comer super bem e pagar barato. Bjs

      Excluir
  6. Solange,
    Adorei ler dicas de uma mãe mais experiente.
    E eu achando que depois do fim do ensino médio tudo voltava a ficar mais fácil kkkkkk
    Beijão,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francine, no nosso caso, devido as competições do meu filho, tudo ficou mais difícil. Mas a escola sempre nos ajudou muito! Obrigada pela visita aqui no blog, bjs.

      Excluir
  7. Olá Solange! Muito legal saber que contigo sempre dá certo.. Nada como fazer tudo bem planejado... Bjs e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que tudo bem planejado é mais difícil das coisas darem errado, mas claro que sempre pode acontecer algum imprevisto. Obrigado pela visita aqui no blog. Bjs

      Excluir
  8. Solange, estou vendo que quanto mais "tarde" nos estudos pior (rsrsrs). Vamos nos organizando e gostei muito de ler sua experiência. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, nem te preocupes com os outros anos, caso contrário você pode correr o risco de não curtir a fase escolar que também é muito legal. Além de você estar viajando e ficar pensando na volta para a escola. Beijos

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. olá, bom ler que vcs tem um filho de 17 anos, vestibular a vista e não deixaram de viajar com ele...daqui a pouco nossa filha estará nesta fase e as vezes já me aperta o coração de imaginar que teremos de ir sem ela por causa dos estudos...
    abraços e lindas viagens!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regeane, meu filho já viaja sozinho com a equipe de natação. O que fazemos é viajar para assistir ele competindo. Aproveitamos uma pequena lua de mel. Mas confesso que sinto falta de ficar junto com nosso filho, sou mãe rudenta mesmo,kkkk. Beijos

      Excluir
  11. Solange, também procuro aproveitar os finais de semana para conhecer um pouco mais da nossa bela cidade (somos do Rio).Tem tanta coisa bacana para fazer pertinho de casa!
    Abraços.
    Patricia Tayão.
    www.viajarhei.com
    @viajarhei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, morando no Rio de Janeiro as opções de passeio são muitas. Realmente não precisa ir muito longe. Gosto de me divertir com minha família não importa o lugar e a distancia. Obrigada por sua visita aqui no blog. Beijos

      Excluir
  12. Muito boas as dicas, principalmente por você já ter um filho adolescente, numa fase que demanda demais dedicação aos estudos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guaciara, realmente as coisas ficam mais complicadas para viajar quando nossos filhos são adolescentes, mas não é impossível. Mas para cada família é diferente e tem que deixar as coisas irem acontecendo, o mais legal é aproveitar cada fase dos nossos filhos. Beijos.

      Excluir
  13. Temos filho da mesma idade e pensamos muito parecido. O segredo para dar certo é uma boa conversa em família e com a escola antes de programar a viagem e a partir daí é curtir e na volta correr atrás :). E que venham outras viagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cynara, é isso mesmo, aproveitar as viagens com nossos filhos vale qualquer sacrífico. E que venha outras viagens. Beijos

      Excluir
  14. Minha filha tem 6 anos, ainda no 1º ano do fundamental I.
    Muito bom ler relatos de quem já passou por isso (e sobreviveu!).
    muito obrigada por compartilhar o planejamento de vcs. =*

    ResponderExcluir
  15. Aline, muito bom saber que você gostou das dicas. Sim é possível sobreviver, planejamento e dialogar com nossos filhos, escola(responsáveis) é imprescindível para viajarmos tranquilos(ou quase). Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Solange,

    Meu mais velho tem 13, as viagens durante o período escolar estão cada vez mais raras... infelizmente, porque na alta temporada tudo é mais caro!!!

    Morro de saudades do tempo que faltar aula não prejudica o rendimento!!!

    beijos,


    Pati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pati, é muito complicado viajar quando começa o ano letivo né! Também tenho saudade do tempo em que não tinha problema de faltar as aulas. Beijos

      Excluir
  17. Viajar em época de escola nunca é fácil, não é? Mas que bom que essa blogagem está colocando vários pontos de vista. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, a gente vai aprendendo na pratica todos os anos um pouco mais sobre este assunto e a troca de experiência ajuda muito.
      Obrigado pela visita aqui no blog.

      Excluir

Pesquise hotel para a sua próxima viagem:

Faça sua reserva de hotel